Grupos de Diálogo

Você pode ampliar a conferência formando grupos de diálogo presenciais em sua organização.

Grupos de diálogo:
Grupos de quatro a oito pessoas que se reúnem para conversar sobre os temas da conferência e contribuir com suas reflexões e entendimentos.

Principais benefícios que um grupo de diálogo:
• Troca de experiências e conhecimentos.
• Insights
• Visão compartilhada.
• Percepção da diversidade.
• Identificação de novas possibilidades.
• Outros...

Metodologia utilizada:
Será utilizada a metodologia da Investigação Apreciativa. Esta metodologia busca descobrir o que dá vida às pessoas e organizações, imaginar como poderia ser melhor e co-construir o futuro que se quer.

Orientações para a formação de salas e grupos de diálogo:

Facilitador
Para as salas de diálogos é importante que tenha um facilitador o qual terá as seguintes atribuições:
a) Ser um interlocutor entre a coordenação do GFAL e o espaço de diálogo.
b) Preparar o ambiente físico adequado conforme item Infraestrutura (*).
c) Inteirar-se do programa.
c) Orientar os grupos de diálogo sobre as atividades a serem realizadas durante o dia.
d) Reportar-se à coordenação do GFAL se houver necessidade de informações adicionais, através de chat disponibilizado pela coordenação do GFAL.
e) Se considerar conveniente, providenciar impressão de materiais informativos e formulários de registro para facilitar os diálogos do grupo.

Atividades
Após as palestras inspiradoras haverá um intervalo de uma hora para os diálogos em grupo.

Em cada dia da Conferência existirão três momentos de diálogo, uma para cada uma das fases da metodologia da Investigação Apreciativa. Primeiro será feita uma pergunta sobre a fase da Descoberta. Em seguida uma pergunta sobre a fase do Sonho e por fim sobre a fase do Design.

Nestes momentos os grupos conversarão sobre o tema do dia e construirão uma percepção coletiva sobre a questão.

A construção do grupo deve ser registrada na web de forma que os participantes da Conferência possam acessá-las e fazer comentários. O facilitador deverá orientar os grupos para acessar o endereço da web onde será disponibilizado o ambiente para registro da produção dos grupos. Este endereço será disponibilizado oportunamente.

Infraestrutura recomendada para realizar os diálogos
Sugerimos que para melhores resultados do diálogo, os grupos sejam formados de quatro a oito pessoas em formato de círculo, para facilitar a escuta e visualização de todos os componentes.

Para cada grupo será necessário um computador com acesso a web para acompanhar as orientações fornecidas e fazer os devidos registros.

Opcional: Para melhor conforto sugerimos equipamentos de som e projeção adequados ao número de participantes.

Em caso de dúvidas entrar em contato via e-mail globalforum2011@fiepr.org.br assunto "GRUPOS DE DIÁLOGOS".

Grupos Virtuais
As orientações acima também servem para aqueles que desejarem criar grupos virtuais, ficando ao critério de cada um usar os recursos tecnológicos disponíveis para comunicação remota (web, telefonia, áudio/vídeo conferência, etc.). Um dos integrantes do grupo ficará coma responsabilidade de registar no site do GFAL a construção coletiva do grupo virtual para cada pergunta.

29/08

Tema: Sociedade Inovadora
11h00 às 12h00 – Fase da Descoberta ProtocoloSociedadeInovadoraParte1Descoberta.pdf
14h00 às 15h00 – Fase do Sonho ProtocoloSociedadeInovadoraParte2Sonho.pdf
17h30 às 18h00 – Fase Design ProtocoloSociedadeInovadoraParte3Design.pdf

30/08

Tema: Design Thinking
10h00 às 10h45 – Fase da Descoberta ProtocoloDesignThinkingParte1Descoberta.pdf
14h15 às 15h00 – Fase do Sonho ProtocoloDesignThinkingParte2Sonho.pdf
17h30 às 18h30 – Fase Design ProtocoloDesignThinkingParte3Design.pdf

31/08

Tema: Educação na Sustentabilidade
10h30